Creator and Creature / Criador e Criatura

  1. In order to create, our Creator had to refrain itself, to eliminate from Himself all of His characteristics, and by this mean make possible movement where there was only the static, to make possible the appearance of time where before was just the eternal.
  2. If man is not spiritually free to choose, this just occur because the Creator Himself isn’t.
  3. In His completeness, nothing else can be decided but to give from Himself to what from Himself he removes.
  4. The equivalence of form that man searches in his countless tries to connect himself with Him, to see and feel the Creator, is nothing more than the very own Creator allowing that a little from Himself returns to Him, a little of this privation of Himself ending and returning to the source.
  5. Then the man realizes that his soul, equally eternal and static, has just changed its colour.

 

  1. Para criar, nosso Criador teve que se privar de Si mesmo, eliminar de Si mesmo todas as Suas características, e desta forma possibilitar movimento onde antes só havia o estático, possibilitar o surgimento do tempo onde antes só havia o eterno.
  2. Se o homem não é espiritualmente livre para escolher, isso ocorre porque o Criador mesmo não o é.
  3. Em Sua compleição, nada mais pode ser decidido a não ser doar de Si para o que de Si Ele mesmo se priva.
  4. A equivalência de forma que o homem busca em suas inúmeras tentativas de se conectar com Ele, enxergar e sentir o seu Criador, nada mais é do que Ele próprio, Criador, permitindo que um pouco Dele mesmo retorne a Ele, um pouco dessa privação de Si mesmo se encerrando e voltando para sua Origem.
  5. Nisto o homem percebe que sua alma, igualmente eterna e estática, apenas mudou de cor.

 

The Author / O Autor / Anno R+C 3.370